É um prazer receber você no Site Oficial da Paróquia São José

São José do Goiabal   .   Minas Gerais   .   22 de julho de 2024

14/12 Notícias da Igreja Arquidiocese de Montes Claros, vacante desde dezembro de 2021, tem novo arcebispo nomeado pelo Papa Francisco
Compartilhar

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 14 de dezembro, dom José Carlos de Souza Campos como arcebispo da vacante arquidiocese de Montes Claros (MG), transferindo-o da sede episcopal de Divinópolis (MG). A Igreja Particular de Montes Claros estava vacante desde dezembro de 2021, quando dom João Justino de Medeiros foi transferido para a arquidiocese de Goiânia (GO). 

Novo arcebispo de Montes Claros 

Dom José Carlos Souza Campos, nasceu em Itaúna (MG), no dia 3 de janeiro de 1968, filho de José Pinheiro Campos e Piedade Souza Campos.  

Em 1983, entrou para o seminário diocesano, em Divinópolis. Morou em Pará de Minas, no seminário, em 1984 e 1985. Mudou-se para Belo Horizonte onde cursou filosofia e teologia. Fez seu curso de mestrado em teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, de 2000 a 2002. Sua tese trabalhou a seguinte questão: Na pergunta sobre o homem, a inevitável pergunta sobre Deus. Um percurso de antropologia filosófico-teológica, na obra de Juan Alfaro.Sua ordenação sacerdotal aconteceu em Itaúna, no dia 30 de maio de 1993. 

Durante boa parte de sua vida exerceu o magistério. Foi professor em Belo Horizonte e Pará de Minas. Trabalhou no Colégio Berlaar Sagrado Coração de Maria, como professor de Língua Portuguesa. Lecionou filosofia e espanhol no Seminário São José. Foi professor de filosofia da religião, antropologia filosófica e outras disciplinas nas escolas da região. 

No dia 26 de fevereiro de 2014, foi nomeado pelo Papa Francisco como bispo da diocese de Divinópolis e no dia 25 de maio do mesmo ano foi ordenado bispo e tomou posse.

Dom José Carlos é atualmente o presidente do regional Leste 2 da CNBB. 

Saudação da CNBB a Dom José Carlos de Souza Campos 

 Prezado Dom José Carlos de Souza Campos,  

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu com alegria a notícia da nomeação para a vacante arquidiocese de Montes Carlos (MG). 

Desejamos um profícuo ministério e, ao saudá-lo, sob as luzes da terceira vela do Advento, recordamos o que estabelece o cânon 375, §1, sobre a múnus pastoral dos pastores da Igreja: “Os bispos, que por instituição divina sucedem aos Apóstolos, são constituídos Pastores na Igreja pelo Espírito Santo que lhes foi dado, para serem mestres da doutrina, sacerdotes do culto sagrado e ministros de governo”. 

Que o nosso Deus que nos amou tanto, a ponto de compartilhar conosco a sua humanidade, o fortaleça nesta nova etapa confiada ao seu pastoreio, o cumule de esperanças e renovação neste tempo do Advento! 

Em Cristo, 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB 

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB 

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB 

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB 

CNBB